PALÁCIO DE SÃO BENTO – RUA DE SÃO BENTO

Assembléia 01

Assembléia 4

Assembléia 5

Assembléia 12

Assembléia 6

Assembléia 3

Assembléia 2

IMG_3295

Assembléia 10

Assembléia 7

Assembléia 9

Elétricos São Bento

Rua de São Bento 2

Rua de São Bento 1

Rua de São Bento 3

Rua de São Bento 4

Rua de São Bento 6

Rua de São Bento 7

Rua de São Bento 9

Rua de São Bento 10

Rua de São Bento 12

Rua de São Bento 11

O Palácio de São Bento foi construído em finais do século XVI como Mosteiro Beneditino (Mosteiro de São Bento da Sáude). Com extinção das ordens religiosas, passou a ser propriedade do Estado, e desde 1834 é o Parlamento de Portugal.

Ao longo dos séculos XIX e XX o Palácio sofreu várias reformas, interiores e exteriores. O interior é igualmente grandioso, repleto de alas e de obras de arte de diferentes épocas da história de Portugal. Há também uma biblioteca. Nos dias de hoje chama-se Assembléia da República.

Seguindo o Palácio, em direção ao Largo do Rato, está a Rua de São Bento, bastante conhecida pelos seus Antiquários , um bom comércio de bairro e também excelentes restaurantes.

ELVAS

 

 

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

OLYMPUS DIGITAL CAMERA

OLYMPUS DIGITAL CAMERA
OLYMPUS DIGITAL CAMERA

 

Os Visigodos e os Celtas terão sido os primeiros povoadores desta autêntica cidade-fortaleza, que hoje se estende para além de suas muralhas em forma de estrela. Os Romanos deram-lhe o nome “Helvas”, os Árabes conquistaram-na, e foram deixadas tantas marcas da sua presença que algumas perduram até aos nossos dias.

Elvas fica apenas duas horas de Lisboa e vinte minutos da fronteiriça cidade espanhola de Badajoz, situada num ponto estratégico, onde sua história está marcada pela guerra e pelos assédios castelhanos, sendo assim conhecida como uma das maiores cidades quartel de guerra em todo o mundo.

Cidade classificada Patrimônio Mundial da Humanidade da UNESCO, Elvas é conhecida como a capital do turismo do Alto Alentejo, muito quente no verão e bastante frio no inverno.

Além das marcantes características militares, Elvas possui um grande núcleo histórico, onde arquitetura religiosa e civil se misturam, e o visitante vai ter o prazer de encontrar a cada esquina, um estilo arquitetônico diferente: desde Romano e do Gótico ao Rococó, passando pelo Manuelino e pelo esplendor do Barroco.

Não deixe de visitar monumentos como a Sé de Elvas, Torre Fernandina, o Fundo Antigo da Biblioteca, Cemitério dos Ingleses, Pelourinho, Arco do Miradouro, Igreja das Dominicanas, Igreja de Alcaçova, Igreja dos Terceiros, Convento de Santa Clara, Convento São Domingos e os diversos núcleos museológicos de grande interesse como o Museu Municipal de Fotografia João Carpinteiro, o Museu Militar, o de Arte Contemporânea entre outros.

A gastronomia alentejana está bem representada na ampla oferta de restaurantes onde se pode provar as famosas ameixas e azeitonas de Elvas, o Sericaia, doces conventuais seculares desta região. Não deixe de experimentar o afamado Bacalhau Dourado, um dos pratos mais famosos de Elvas e que mereceu honras de inscrição no livro Guiness por ter confeccionado o maior bacalhau dourado do mundo!